DestaqueGeralNotíciasPolíciaPolítica

Vítima de agressão do Vereador Mario Gay, desabafa em rede social

Luciana Pimenta em carta aberta descreve os fatos que segundo ela, estão blindando Mario Gay das conseqüências de seus atos.

O texto abaixo foi extraído do grupo Legislativo Andradinense no facebook publicado pela vítima de agressão de Mario Gay e mão de seu ex assessor.

Foto Reprodução Internet

“Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado da Justiça Dr. SÉRGIO FERNANDO MORO
Ministério da Justiça Esplanada dos Ministérios, Bloco T, Edifício sede 4º andar
70064-900 Brasília – DF
Com cópias para:
-Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
– Corregedoria Geral da Justiça
-Associação dos Magistrados do Estado de São Paulo
– Instituto Maria da Penha
– Diretoria do Fórum da Comarca de Andradina-SP
-Promotoria Pública de Andradina – Drª Regislaine Topassi
– Tamiko Inoue – Prefeita de Andradina – SP
– Câmara Municipal de Andradina – Presidência
Prezado Senhor:
Eu, LUCIANA ALCÂNTARA PIMENTA, professora, residente e domiciliada em Andradina, interior de São Paulo, venho através deste documento, relatar tudo o que vem ocorrendo na minha cidade nos últimos dez anos sob o comando de um prefeito do PT – Partido dos Trabalhadores por 8 anos e agora sendo substituído por uma prefeita indicada por ele do PC do B.Senhor, Andradina parece mais uma cidade sem Lei, aqui acontece de tudo, mas não existe justiça para nada. Em 2010, o prefeito do PT Sr. JAMIL AKIO ONO, negociou o sistema de água e de esgoto da cidade, vendeu tudo barato por valor irrisório e a população vem sofrendo com as cobranças abusivas, sendo que o processo da venda já foi várias vezes para a justiça e era para ter sido cancelado, mas aqui a justiça a meu ver não funciona, coincidentemente desde quando o prefeito doou um terreno para o Fórum construir outras salas do Ministério Público, mas que eu saiba até hoje nada foi construído. O sistema de coleta de lixo é uma vergonha, o município pagava 4 vezes menos o valor que é pago hoje em dia com um prefeito que não era do PT, mas também não existe justiça para nada aqui, todos os apontamentos que o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo fez contra o ex-prefeito e agora sua sucessora do mesmo grupo político, os vereadores da Câmara Municipal de Andradina são a maioria conivente, aprovam tudo que o ex-prefeito mandar, aqui em Andradina, para mim e minha família não existe justiça infelizmente.
Sou uma mulher separada que cria sozinha dois filhos moços, trabalho numa cidade vizinha, Três Lagoas-MS, vou e volto de ônibus diariamente. Em 2016 nas eleições, foi eleito um vereador de nome Mário Henrique Cardoso, com apelido de Mário Gay, era na época um rapaz humilde que vivia pelas ruas da cidade. Meu filho Kaique Pimenta, 23 anos, estudante, foi trabalhar como assessor do vereador na Câmara Municipal de Andradina. Na época meu filho sofreu ASSÉDIO SEXUAL, MORAL E CONSTRANGIMENTO, porque o vereador queria manter relações sexuais com meu filho, exigia trabalhos fora da Câmara Municipal, e se meu filho não atendesse o celular fora de hora, o vereador ia à porta da minha casa gritar com meu filho, se dizendo ser o patrão. Apresentei áudios gravados onde comprovam que o vereador Mário Gay de fato vivia assediando meu filho, os áudios foram comprovados pela justiça, mas até hoje nada aconteceu com esse vereador, porque aqui em Andradina não se vislumbra a justiça para mim ou para minha família.
Conforme segue anexo a esta carta, recortes de jornais e sites onde fala sobre a venda do setor de água, até os abusos do vereador Mário Gay dentro da Câmara Municipal, para que as autoridades vejam como a justiça em Andradina pode ser classificada senão conivente com a situação, no mínimo lenta para tomar decisões que contrariam o ex-prefeito e seu grupo político que hoje domina a cidade.
Senhor, o vereador Mário Henrique Cardoso foi eleito no final de 2016, antes de tomar posse ele era do PPS e mandou uma carta ao partido pedindo sua desfiliação no dia 22 de dezembro de 2016. No dia 1º de janeiro de 2017 tomou posse sem partido, mas quando o presidente do PPS pediu a cadeira de vereador na Justiça Eleitoral, que até hoje quase dois anos, não tomou nenhuma providência, o vereador passou a acusar o presidente do PPS de ter falsificado sua assinatura. Mas a justiça comprovou que a assinatura é de fato do vereador, mas o juiz eleitoral se nega a tomar atitude cabível em favor do partido.
Senhor, meu filho depois de passar por tudo isso, está fazendo tratamento psicológico, pois moramos numa cidade pequena e sem que a justiça seja feita, meu filho e minha família ainda temos que suportar chacotas.
Enviei documentos para todas as esferas do município, mas até agora nada foi feito para se fazer justiça. Solicitei uma reunião com os vereadores da Câmara Municipal e eu estava dentro da sala de reuniões, quando o vereador Mário Gay invadiu a sala e tentou me agredir, sendo contido pelos seus colegas, e ele gritava que iria me matar se ele perdesse o cargo de vereador.
Depois de aberta uma CEI – Comissão Especial de Inquérito, o vereador já trocou 12 (doze) vezes de assessor e agora seu último assessor, Denis Batista, também apresentou áudios onde o vereador Mário Gay Henrique Cardoso, tenta forçar o rapaz a lhe dar parte do seu salário, inclusive nos áudios ele [o vereador] fala que outros assessores lhe davam parte do salário e está na justiça os áudios onde o vereador é acusado de crime de EXTORSÃO.
Esse vereador agrediu várias mulheres dentro da Câmara Municipal de Andradina, ameaçou de morte três jornalistas que estavam no cumprimento do dever dentro da Câmara Municipal, porque ele não aceita que nenhum jornalista fale das coisas que ele faz e ele fala que não precisa da imprensa.
No inicio de 2017, o vereador Mário Henrique Cardoso disse que tinha “vendido seu voto” para escolher o presidente da Câmara Municipal na época Sr Silas Carlos de Oliveira. O áudio foi periciado, mas a justiça misteriosamente arquivou o processo, assim como vem fazendo com todos os processos que envolvem o ex-prefeito Jamil Akio Ono e o vereador Mário Gay Henrique Cardoso, aqui não vejo a justiça ser praticada, ora pela demora, ora pelo descaso.
Senhor, outro dia apanhei desse vereador no meio da rua, eu estava indo num jornal em frente da Câmara Municipal para dar uma entrevista, aonde ele me vê vem me destratar na rua, mas eu não fico calada, pois até meu cachorro foi envenenado e meu pai faleceu no inicio deste ano e esse vereador fala pra cidade inteira que “matou meu pai fazendo macumba pra ele”. Isso tudo me entristece porque como as reportagens anexadas e os documentos dos processos e queixas que fiz, não só eu, mas várias pessoas agredidas e ameaçadas, NADA, ABSOLUTAMENTE NADA acontece com esse vereador que tem a proteção do ex-prefeito, do grupo de vereadores dentro da Câmara Municipal e a meu ver, da justiça também, porque depois da doação desse terreno, existe aqui uma proteção ao ex-prefeito e seu grupo político, ao que parece só é prejudicado quem é contra eles.
Como mostram as fotos, apanhei na rua desse vereador, meu filho sofre, o outro assessor foi mandado embora porque não aceitou devolver parte do salário ao vereador. Mas então senhores, eu indago:
ONDE ESTÁ A JUSTIÇA DE ANDRADINA?
PORQUE O JUIZ ELEITORAL EM DOIS ANOS NÃO DEVOLVEU A CADEIRA DE VEREADOR AO PPS?
PORQUE UMA CP- COMISSÃO PROCESSANTE FOI APROVADA DEPOIS DE QUASE DOIS ANOS E AINDA NÃO AFASTARAM O VEREADOR DO CARGO?
PORQUE A CÂMARA MUNICIPAL NÃO DEFENDE AS MULHRES AGREDIDAS?
PORQUE NÃO DEFENDE OS JORNALISTAS AMEAÇADOS?
PORQUE NÃO DEFENDE MEU FILHO QUE FOI ASSEDIADO, HUMILHADO E SOFRE CHACOTEAS NA CIDADE?
PORQUE A DELEGACIA DA MULHER NÃO TOMOU QUALQUER PROVIDÊNCIA MESMO EU TENDO FEITO EXAME DE CORPO E DELITO COM HEMATOMAS QUE ESTÃO DEMONSTRADOS NAS FOTOS?
Senhores, eu não suporto mais passar por tantas injustiças, meu pai morreu tentando buscar justiça para o seu neto, meu filho. Até quando vou suportar tanta injustiça em Andradina? Até quando?
Recorro a esses Tribunais e autoridades citados acima, porque tenho a certeza de que esse prestigiado Tribunal irá cumprir seu papel de guardião da Constituição Federal e irá distribuir Justiça. Não é possível que em nenhuma instância ou órgão público se faça a justiça, diante de tantas provas apresentadas e juntadas nesta denúncia que faço neste documento.
A vosso dispor para qualquer esclarecimento, despeço-me. Mui respeitosamente,
LUCIANA ALCÂNTARA PIMENTA
Andradina – SP, 09 de novembro de 2018.
-EM ANEXO 42 (QUARENTA E DUAS) FOLHAS COM RERCORTES DE JORNAIS CONSTANDO CONTRATO DA CONCESSÃO DO SISTEMA DE ÁGUA, VALORES PRATICADOS DA COLETA DO LIXO, AMEAÇAS DE MORTE, FOTOS DA AGRESSÃO QUE SOFRI, LAUDOS PERICIAIS DE CORPO E DELITO, LAUDOS DA ASSINATURA DO VEREADOR NO PEDIDO DE DESFILIAÇÃO, LAUDO DA VOZ DO VEREADOR ASSEDIANDO MEU FILHO, 1 PENDRIVE COM ÁUDIOS SOBRE COMPRA DE VOTOS NA CÂMARA MUNICIPAL DE ANDRADINA, ASSÉDIO SEXUAL, MORAL E CONSTRANGIMENTO, TENTATIVA DE EXTORSÃO, VÍDEOS DE AMEAÇAS DE MORTE AO JORNALISTA MOISÉS EUSTÁQUIO DE OLIVEIRA E A JORNALISTA LUANA CARVALHO.
(Aguardo resposta no endereço ou telefone abaixo )”

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo