DestaquePolítica

TAMIKO MANTEM VEICULO BATIDO E ABANDONADO A QUASE UM ANO

Apos denuncia realizada, Responsável pela frota da Secretaria de Saúde retira o Veiculo Fiesta que estava abandonado numa oficina a quase um ano. Mas o mesmo não foi retirado para seu conserto e sim para dessa vez ficar abandonado no pátio da secretaria.

Conforme apuramos este veiculo que pertence ao setor CTA, foi envolvido em um acidente em Junho de 2017 quando se dirigia a cidade de Aracatuba, conduzido na época pelo Assessor Ronildo, que após o acidente foi demitido e novamente contratado em Janeiro de 2018, pessoas ligadas a administração dizem que Ronildo esta sofrendo uma sindicância para apurar a responsabilidade no acidente. Mas enquanto a sindicância não e finalizada o veiculo esta fora de circulação e pelo estado de abandono que se encontra corre o risco de ser ainda mais danificado.

O acidente em questão deixou varias duvidas no ar, pois segundo informações Ronildo não era o condutor escalado e nem motorista autorizado, sendo que na época o mesmo ocupava o cargo de Coordenador do Pronto Socorro, mas mesmo assim dispensou o motorista por conta própria e foi conduzindo o veiculo acompanhando de uma funcionária do CTA, abandonando seu posto de trabalho e exercendo atividade para qual não foi contratado.

A administração que deveria providenciar o conserto imediato do veiculo e depois de apurado casa haja culpa dos envolvidos proceder a cobrança, nada faz, mostrando total desrespeito aos usuários da SAUDE e descaso com o patrimônio publico.

Ainda pesa contra Ronildo o fato de que ele atualmente esta lotado no cargo de Diretor do Departamento Medico, mas na realidade exerce a função de Coordenador de Ambulâncias inclusive assinando documentos oficias como responsável pelo setor, diversos funcionários do Setor também descrevem que Ronildo tem perseguido constantemente alguns motoristas após as denuncias do setor realizadas por este perfil, inclusive obrigando os motoristas a conduzir os veículos da frota de ambulâncias sem as mínimas condições de segurança e manutenção precária.

Na câmara de vereadores sao constantes os discursos dos Vereadores a respeito da Frota de Ambulâncias, desde a manutenção correta ate a aquisição, porem não vemos nenhum vereador tomar uma atitude mas sistemática sobre o caso, apenas reclamam na tribuna e mais nada, a população clama pelo descaso que e tratada pela Administração Municipal, não seria a hora senhores vereadores de se abrir uma CEI contra a Prefeita Municipal para se investigar a situação das ambulâncias mais a fundo e apurar os verdadeiros culpados por ter se chegado a este estado de calamidade.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo