DestaqueEntretenimentoEventosGeralNotícias

Responsabilidade Social: Águas Andradina e Águas Castilho divulgam programação com atividades de educação ambiental

Concessionárias de água e esgoto trazem espetáculos e oficinas para alunos e professores da rede pública de ensino

Assessoria de Comunicação/ Iguá

REGIÃO – Você sabia que uma garrafa pet leva ao menos 400 anos para se decompor na natureza? Nas mãos da Cia. Bonecos Urbanos, o que estava destinado ao lixo, vira arte e educação ambiental em espetáculos de teatro e oficinas.

E essa consciência ambiental será passada para alunos e professores de Andradina e Castilho, por meio do Bonecos Urbanos em Ação – uma iniciativa apoiada pela Iguá Saneamento, uma das controladoras da Águas Andradina e da Águas Castilho. Este projeto faz parte da estratégia de investimento social da companhia para a construção de um futuro sustentável. E é uma realização do Ministério da Cultura por meio da lei de incentivo à cultura com patrocínio da Iguá Saneamento e apoio cultural da Águas Andradina, Águas Castilho e das Prefeituras de Andradina e Castilho.

 

*Ações regionais com importância mundial*

“Esse assunto é tão relevante globalmente que a Organização das Nações Unidas (ONU) escolheu o tema “soluções para a poluição plástica” para discutir soluções neste ano. Esta ação reafirma o compromisso das concessionárias com os princípios ESG (Meio Ambiente, Social e Governança)”, explica o gerente operacional das concessionárias, Matheus Silva.

Segundo levantamento da área de Meio Ambiente da concessionária, são retiradas cerca de 10 toneladas de resíduos sólidos, principalmente plásticos, dos gradeamentos, que é o tratamento inicial, das estações de esgoto desses municípios todos os meses. Esse material é destinado para aterros Classe – locais apropriados para que os resíduos sejam depositados juntos aos solos sem que prejudiquem o meio ambiente e a saúde das pessoas.

 

*Como vai acontecer?*

Serão duas apresentações dos espetáculos “No curso do Rio” e “Bonecos Ritmos e Música”, oficinas para educadores e oficinas para as crianças. Nessas oficinas serão confeccionados bonecos/fantoches de 135 gramas cada, dando vida para resíduos reaproveitados que não vão para o lixo.

“A ideia é levar arte para quem nunca pisou em um teatro e, principalmente, usar a linguagem lúdica para trabalhar conceitos de preservação ambiental e diversidade. E, principalmente, despertar nos professores e alunos envolvidos um novo olhar para o lixo por meio das oficinas. Garrafas pets, tampas e meias usadas viram bonecos, despertando o interesse pela arte do teatro e consciência ambiental em quem participa”, explica André Luiz, integrante da Cia e idealizador do projeto. A Cia Bonecos Urbanos tem 25 anos de história, entre os trabalhos de manipulação e confecção de bonecos para produções de Teatro e Audiovisual, seus atores marcam presença na televisão em programas como o Cocoricó, da TV Cultura.

As atividades serão exclusivas para as escolas da rede municipal de ensino, porém para ampliar o acesso ao projeto, haverá transmissão ao vivo pelo canal do Youtube da Cia Bonecos Urbanos https://www.youtube.com/@CiaBonecosUrbanos. Em Andradina, as atividades serão nos dias 8 e 29 de agosto, e em Castilho nos dias 29, 30 e 31.

 

*Sobre os espetáculos e as oficinas*

Inspirado na obra “Rosinha, minha canoa”, de José Mauro de Vasconcelos (autor de “Meu Pé de Laranja Lima”), “No curso do rio” tem como tema a importância da preservação ambiental. Zé Dito é um morador do interior que conversa com a natureza e aprende muito com as histórias de Landinha, sua canoa. Já “Bonecos, Ritmos e Músicas” mostra a saga de Clarisvaldo, um pacato pescador do interior recém-chegado à capital paulista. Na cidade grande, ele conhece seus curiosos habitantes, aprende sobre diferentes culturas e embarca numa viagem de ritmos como samba, hip hop, pop e reggae.

Nas oficinas, os membros da trupe ensinam como confeccionar bonecos a partir de materiais recicláveis, sendo a garrafa pet o item principal. Na primeira edição, o projeto capacitou 150 professores e realizou oficinas para duas mil crianças. Ao formar educadores, no entanto, o poder de replicação dos conceitos ensinados nas oficinas é muito maior. “Mais que a quantidade de lixo que deixou de ir para os bueiros, é o poder dessa informação: são 35 mil famílias que passam a olhar o lixo de uma nova forma”, ressalta André.

“O Bonecos em Ação é muito mais que um simples olhar para a reutilização de materiais recicláveis. Ele leva em seu escopo, além da conscientização ambiental, o olhar e a reflexão sobre as diversas formas de transformar o lixo doméstico em arte, cultura popular, artesanato e renda extra, ajudando o desenvolvimento cultural, ambiental e social das cidades contempladas”, complementa Rubinho Louzada, um dos fundadores da companhia.

 

*Confira a programação completa no site*

https://igua.com.br/andradina/noticias/responsabilidade-social-aguas-andradina-e-aguas-castilho-divulgam-programacao-com-atividades-de-educacao-ambiental

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo