DestaquePolítica

LEGISLATIVO E EXECUTIVO JUNTOS JA GASTARAM MAIS DE 250 MIL REAIS EM VIAGENS SOMENTE EM 2018.

Muito tem se debatido sobre a real função de um Vereador após sua eleição, vivemos um período de extrema indignação com a classe política em todas as esferas, e o Vereador é o politico mais próximo ao povo. Dai vem a pergunta qual a função do vereador no município e se os ocupantes de cadeira no legislativo tem as desempenhado.

Conforme ja amplamente divulgado as funções dos vereadores são:
-Elaborar as Leis Municipais e discutir os projetos do executivo que poderão ser transformados em Leis;
FISCALIZAR A ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL, cuidar da aplicação dos recursos, observar o orçamento;
-Apoiar e discutir políticas publicas de interesse da população;
APRECIAR AS CONTAS PUBLICAS E APURAR AS INFRAÇÕES TANTO DO EXECUTIVO COMO DO PRÓPRIO LEGISLATIVO.

Esta claro que as funções dos vereadores são especificas e visam proteger o cidadão, mas no caso da CAMARA DE ANDRADINA, ou os vereadores, não sabem destas funções básicas ou simplesmente fecham os olhos diante dos fatos. Pois o município não e fiscalizado, muito menos a aplicação do dinheiro publico.

O que mais temos visto são VEREADORES EM VIAGENS, que eles justificam que são para buscar recursos, tarefa esta que não os cabe, e que seria de exclusividade do prefeito municipal. O gasto em viagens tem extrapolado os limites do bom senso, só na câmara municipal ja foi gasto mais de R$ 140.000,00 CENTO E QUARENTA MIL REAIS, em despesas com viagens dos vereadores e seus assessores. O Presidente da Camara RAIMUNDO JUSTINO que deveria dar expediente, afinal é ele quem comanda os serviços do legislativo gastou sozinho a quantia de R$ 14.070,00, é impossível falar com o Presidente da Casa de Leis, esta sempre em viagem e nunca atende o telefone, se isolando dos problemas da cidade.

Ja na esfera municipal os gastos com viagens não são diferentes do que vem ocorrendo no legislativo, somente ate o dia de hoje ja foram gastos mais de R$ 115.000,00 CENTO E QUINZE MIL REAIS, em despesas de viagens, somente a Prefeita TAMIKO INOUE gastou R$ 9.200,00, ou seja, a prefeita nunca esta no município, para desde atender a população a administrar a cidade. Fato também que causa estranheza é que o Assessor de Assuntos Estratégicos JAMIL ONO, aparece em varias matérias realizando viagens para tratar de “assuntos do município” mas seu nome não consta nas prestações de contas realizadas, teria algo pra esconder em suas viagens para não realizar os adiantamentos em seu próprio nome, fica a pergunta no ar.

Este é o cenário que temos em Andradina hoje, um LEGISLATIVO ACOVARDADO, e sem exercer sua principal função que é fiscalizar o EXECUTIVO. E uma Prefeita que ganhou a eleição mas não levou, pois é publico que a prefeitura é comandada EXCLUSIVAMENTE POR JAMIL ONO, inclusive realizando reuniões com a assessoria dando ordens expressas e o pior de tudo comandado reuniões com os VEREADORES, barganhando cargos em troco de silencio ou interesses pessoais como a que foi realizada ontem 28 de Marco em sua Sala enquanto TAMIKO viajava.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo