DestaqueGeralNotícias

Faltando uma semana para o Natal, Prefeitura interdita principal Rua do Comercio

Na data mais esperada data do comércio prefeitura interdita a principal artéria do Centro Comercial

Faltando apenas uma semana para a  data mais esperada do ano para todo o comercio local a adminsitração municipal que tem a frente a prefeita Tamiko Inoue (PSDB) resolve de forma autritária e sem nenhuma comunicação prévia aos comerciantes e lojistas da principal arteria comercial de Andradina interromper o transito de veículos e  tambem a passagem de pedestres pela Rua Paes Leme principal artéria do Centro Comercial de Andradina.

A obra em questão que muito dos lojistas locais apontam até como desnecessária para o local tendo em vista que onde os mesmos residem ainda conta com ruas sem asfalatamento e  infra estrutura que deveria ser prioridade da adminsitração municipal, mas mesmo assim a Prefeitura Municipal resolvenu recapear o trecho da Rua Paes Leme que vai   da Rua Santa Terezinha até o cruzamento com a linha férrea.

Na semana de maior venda e movimento do comercio local foi interditaram todo esse trecho dando um verdadeiro nó no transitode veículos  no centro comercial, fato que a Rua Paes Leme é a principal artéria da cidade, causando transtornos para os motoristas e pedestres e deixando o local perigoso e o pior de tudo sem nenhum aviso aos comerciantes e a população.

Proprietários  de Estabelicmentos do local se sentem lesados e atrapalhados num momento crucial para suas vendas e principalemte depois de varios dias de chuvas torrenciais na cidade, sendo asssim ainda tentaram numa atitude desesperada procurar a prefeitura municipal antes do começo da obra e quando viram as ruas interditadas para pedirem para que fosse alterado o dia da realização da obra para o Domingo que o comércio está fechado ou para o período noturno, porém sem sucesso nos pedidos.

Isso demosntra mais um total descaso da prefeitura com os comerciantes locais, descaso este que já estavam sentido devido a falta de decoração natalina no local promovida pela prefeitura e  valores abusiva=os de cobrança de Impostos e Taxas pela administração municipal.

 

Nas redes  socias a indignação é gigante dos comerciantes e usuários do local e marca mais um ponto negativo pra essa adminsitração que já está no poder a frente da prefeitura a 11 anos.

Fonte
Rodolpho Shinkado/Correio do Noroeste

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo