DestaqueGeralNotícias

Devedores tem até o dia 16 para conseguir desconto de 95% de juros e multas

São várias opções para quitar o débito com o município

Secom/Prefeitura

ANDRADINA – Pessoas com pendências com impostos municipais tem até o próximo dia 16 de dezembro para aderir ao POI (Programa de Parcelamento Incentivado de Dívidas Tributárias) e conseguir o pagamento em parcela única com desconto de 95% do valor dos juros e da multa de mora e em 3 parcelas com desconto de 90% do valor dos juros e da multa de mora.

Os munícipes que aderirem ao programa terão o pagamento inicial à vista de 40% do débito total e o restante em 3 parcelas mensais e consecutivas.

Para o pagamento inicial à vista, de 30% do débito total e o restante em 6 parcelas mensais e consecutivas.

O pagamento inicial à vista de 30% do débito total e o restante em 9 parcelas mensais e consecutivas.

Já para o pagamento inicial à vista de 30% do débito total e o restante em 12 parcelas mensais e consecutivas.

Para o pagamento com desconto de 85% do valor dos juros e da multa de mora nas seguintes condições:

Pagamento inicial a vista de 30% do débito total e o restante em 9 parcelas mensais e consecutivas. Pagamento inicial a vista de 30% do débito total e o restante em 12 parcelas mensais e consecutivas. Pagamento inicial a vista de 30% do débito total e o restante em 18 (dezoito) parcelas mensais e consecutivas.

Para o pagamento com desconto de 80% do valor dos juros e da multa de mora nas seguintes condições:

Pagamento inicial à vista de 25% do débito total consolidado até o primeiro dia útil subsequente ao da consolidação e o restante em 36 parcelas mensais e consecutivas.

O pagamento inicial à vista de 25% do débito total e o restante em 48 parcelas mensais e consecutivas e o pagamento inicial à vista de 25% do débito total e o restante em 60 parcelas mensais e consecutivas.

Para ter acesso aos benefícios da lei o devedor deve comprovar sua situação econômica e assim ficará desobrigado do pagamento inicial fixado em valores percentuais, ficando autorizado a efetivar o parcelamento previsto sem entrada.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo