DestaqueGeralPolítica

Davi Zaia homenageia representantes da cultura caipira em Prêmio Inezita Barroso

O deputado Davi Zaia (PPS) participou na última sexta, 6, da cerimônia de entrega do Prêmio Inezita Barroso, promovido pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

Na oportunidade, entre os dez homenageados, foram premiados o violeiro José Francisco de Paula Lica, conhecido em Taubaté como Mestre Lica, e Sebastião Vitor Rosa, o Tião Mineiro, de Campinas, indicados pelo deputado.

Além de Mestre Lica e Tião Mineiro, também receberam o prêmio o Coral Sertanejo do Clube de Viola de Bauru; José Fortuna (in memoriam), de Itápolis; Bob Vieira, de Itapetininga; Orquestra Penapolense de Música de Raiz, de Penápolis; Programa Laços da Terra, de Ribeirão Preto; Tião ribeiro e Projeto Cultura Pura, de Salto; Valdemar Alves dos Reis, de Araçatuba e Companhia Cênica, de São José do Rio Preto. Os premiados foram selecionados pela Comissão de Educação e Cultura entre 25 indicações.

Mestre Lica foi indicado pelo deputado devido à sua história que, desde à infância, está intimamente ligada às raízes caipiras. “A trajetória de Mestre Lica é conhecida em Taubaté pela sua ligação com a viola, com as folias de reis, que vem desde sua infância, por influência de seus pais. Ele é um dos responsáveis por ainda manter viva a lembrança e a expressão caipira na cidade, que respira cultura”, conta Davi.

Não muito diferente do primeiro homenageado, Tião Mineiro foi indicado por Davi Zaia pela sua forte atuação no universo caipira. Nascido em Boa Esperança, Minas Gerais, Tião trouxe toda sua veia caipira para Campinas. Hoje é violeiro, cantor e compositor, além de mestre embaixador da Folia de Reis Azes do Brasil, da qual está à frente há 60 anos. “Tião é uma memória viva da cultura popular da cidade. O talento herdado pelo avô e aperfeiçoado com o pai o fez uma figura de destaque para a cultura caipira campinense”, explicou o deputado.

O Prêmio Inezita Barroso foi criado por meio do Projeto de Resolução 31/2015, de autoria do deputado estadual Marcos Martins. Seu principal objetivo é valorizar e enaltecer a cultura caipira de raiz e qualquer forma de arte popular que a complemente.

Para o deputado Davi Zaia, a iniciativa é muito importante para manter viva a cultura e as tradições de todo

nosso estado, que tem em sua essência muito das características sertanejas. “Nosso estado é rico em diversidade cultural, mas é certo que nosso interior mantém fortalecida a essência sertaneja em suas manifestações culturais. Esse prêmio vem para reiterar a importância dessas expressões que identificam o povo paulista e suas manifestações”, afirma

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo