DestaqueGeralNotícias

Segunda quinzena de Isolamento Social começa com idosos aglomerados em filas de bancos, lotéricas e supermercados todos lotados

Nenhuma ação da Prefeitura de Andradina foi vista para coibir essas concentrações de pessoas e principalmente idosos com mais de 60 anos, o principal público de risco.

A primeira fase do isolamento social com comércio e empresas em geral fechadas  foi de 15 dias e após este período um novo decreto estadual no dia de ontem (6) prorrogou esta medida por mais duas semanas, deixando todos que estão com suas atividades de trabalho suspensas, sem saber se encontrarão os postos de trabalho ainda disponíveis quando acabar essas medidas e os empresários, profissionais liberais, autônomos, ambulantes, entre outros com um futuro incerto se conseguirão reabrir seus negócios após o termino desta pandemia sem nenhuma definição dos governos e principalmente do municipal de uma alternativa para amenizar os impactos de todo esse tempo parado. Nenhuma ação da Secretaria de Desenvolvimento Economico da Prefeitura de Andradina foi notada neste período sem menos um informe ou esclarecimento a esta classe.

Em contrapartida as agências bancarias e lotéricas estão lotadas e com filas enormes devido a data ser o inicio do mês conciliando com o recebimento de salários e aposentadorias, o pagamento das contas mensais, fato este que tem gerado gigantescas filas e um grande acúmulo de pessoas, sempre um ao lado do outro para aguardar sua vez de ser atendido, essas filas estão sendo formadas nas calçadas defronte as agências e sem nenhum controle do poder público ou até mesmo uma marcação no solo, ou distribuição de senhas. Outro fato que também vem chamando muito a atenção é a grande presença de pessoas com mais de 60 anos, que deveriam estar se preservando não saindo de seus lares, devido ao risco de se infectar e o agravamento do vírus devido a idade.

O supermercados da cidade também apresentam uma grande concentração de pessoas e nenhum controle ao acesso dos estabelecimentos, famílias inteiras podem ser vistas em seus corredores, idosos e crianças andando livremente nas lojas. Mesmo com o decreto obrigando o restante do comércio a estar fechado e a prefeitura dizer que está fiscalizando e punindo quem não está obedecendo tal medida imposta, não há relato de números de notificações ou autuações destes comércios. 

Nos estabelecimentos que podem permanecer abertos não se vê nenhuma fiscalização ou orientação por parte do poder público, e o acesso está completamente livre a todos e sem nenhuma distinção ou organização. O  movimento tem aumentado consideravelmente e as aglomerações de pessoas são constantes, colocando assim em risco a saúde de todos principalmente aos trabalhadores dos supermercados que estão exercendo suas funções e expostos a riscos constantemente.

O Governo de Andradina realizou somente uma “live” na rede social Facebook para comunicar a ampliação do prazo do Decreto, e nenhum outra ação foi vista ou realizada neste meio de comunicação.  A prefeita Tamiko Inoue (PSDB) e seu assessor de assuntos estratégicos Jamil Ono (Patriotas) simplesmente desapareceram dos holofotes da mídia em meio a pandemia não dando nenhuma informação a população sobre o assunto e como estão elaborando medidas para ajudar a população.

Será que Tamiko e Jamil realmente estão preocupados com esta pandemia que assola o mundo todo e ocasionou a morte de milhares de pessoas. Pois até o momento tudo leva a crer que estão preocupados somente com o a eleição municipal que se aproxima e que pode até ser adiada devido aos acontecimentos.

Fonte
Rodolpho Shinkado/Correio do Noroeste

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo